13 maio, 2016 | Livros

Aproveitando esta sexta-feira 13, resolvi trazer a resenha do livro que deu origem a um dos mais famosos filmes de suspense do cinema.
Psicose conta a história de Mary Crane, uma mulher que foge após roubar um dinheiro que deveria depositar em um banco. No meio do seu caminho, surge o Bates Motel, no qual ela resolve parar.
O proprietário do motel é Norman Bates, um homem atormentado por sua mãe controladora. A partir dai a história começa a se desenrolar com muito suspense e emoção.DSC04577  A inspiração para esta história foi o psicopata Edward Theodore Gein, conhecido na década de 50, por sua mente doentia e seus crimes. Ed Gein tinha uma lista longa de crimes cometidos, tais como: exumação de cadáveres de cemitérios locais, taxidermia e dentre outros casos bem absurdos.

Edward Gein foi considerado um culpado pela morte de duas pessoas e também suspeito no desaparecimento de mais cinco pessoas. Em sua casa, a policia encontrou seios sendo usados como seguradores de copos, crânios humanos, peles transformada em abajur e usada para estofar assentos de cadeiras.

DSC04581
  Robert Bloch, o autor deste clássico, se baseou na história deste psicopata para criar a mente de Norman Bates e atingiu a perfeição. No entanto, a estória do livro Psicose ficou mundialmente conhecida graças a Alfred Hitchcock, que transformou o thriller em filme, o lançando em 1960. O filme foi estrelado por Janet Leigh, Anthony Perkins, John Gavin e entre outros.
  Depois de ter lido e descoberto o livro de Bloch, Hitchcock comprou todas as 3 mil edições do livro para que ninguém tivesse acesso ao final da história e fosse uma surpresa para os espectadores. Diante da desaprovação da Paramount para a produção do filme, o cineasta arriscou-se, arcando com todos custos para filmá-lo.
  E não é que deu certo? Muito certo, tanto que hoje em dia é um clássico do cinema, lembrado por todos, até mesmo aqueles que não apreciam o gênero.DSC04588  O livro teve somente dois lançamentos no Brasil, nos anos de 1959 e 1964. Após 50 anos sem uma edição,a editora DarkSide Books trouxe duas edições ao mercado, possibilitando assim que as novas gerações pudessem ler a obra que originou o filme. Temos a versão brochura e a capa dura de edição limitada, esta última inclui um caderno especial com imagens do clássico de Hitchcock.
  Este livro tem uma escrita envolvente, o suspense te prende do começo ao fim! Psicose definitivamente é uma leitura obrigatória e para quem tem medo de terror, pode começar ler tranquilamente este livro, pois ele não é tão “assustador”.
ISBN:  9788566636154
Gênero: Triller / Terror
Páginas: 240

Posso dizer que este é um dos meus livros favoritos da vida, acabei lendo o livro em uma sentada e fiquei dias pensando sobre a história! <3 Quem já leu o livro ou já assistiu o filme?  Me contem o que vocês acham deste clássico..

Espero que tenham gostado e até a próxima! Beijos 🙂

2 comentários | Curtir

Deixe sua opinião

Seu email não será publicado.



*

For spam filtering purposes, please copy the number 8522 to the field below:

2 opinaram sobre “Resenha: Psicose por Robert Bloch”

  1. Isadora Mariano

    | 16 de maio de 2016

    Sou muito apaixonada no filme, tenho até uma tatuagem dele haha. Tenho curiosidade de ler o livro! Acho ótima essa história do Hitchcock comprando todos os exemplares. Beijos

    • Rafaela

      Rafaela

      | 16 de maio de 2016

      O livro é muito bom, sem contar que em uma sentada tu termina ele! hahah
      Sim e isso só para as pessoas não saberem o final da história :O
      Beijos